Business

COMBATENDO A OBSESSÃO ESPIRITUAL

pa1
Cada um de nós sempre terá por perto algum espírito potencialmente obsessor. Simplesmente porque os espíritos estão em toda parte ao nosso redor, quer aceitemos isso ou não. E para se manterem na densa ambiência material do nosso planeta, naturalmente não serão espíritos de pura luz que estarão em permanente contato.

Ao refletirmos sobre as nossas companhias espirituais, devemos ter a certeza que nossos guias sempre estarão ao lado, aonde nós formos. Eles assumiram a missão de nos acompanhar, e só vão se afastar se primeiro nos afastarmos deles, com nossas atitudes de descrença, desrespeito, indiferença. De outra forma, sempre estarão nos acompanhando, até porque sua função de “anjos” da guarda é garantia para sua própria evolução. Ter uma coroa de espíritos luminosos e puros não é para qualquer um, é muito raro. O que temos são grandes amigos que a todo momento estão nos amparando, protegendo e intermediando condições de melhorias em nossa caminhada. Na maioria das vezes, são mais sábios e mais evoluídos que nós, mas também possuem sua própria trajetória evolutiva.
Embora a presença destes seres espirituais que nos protegem, eles não podem interferir em nosso arbítrio. Isto é, se escolhermos uma atitude frequente de mágoa, ressentimento, inveja, ciúme, tristeza, desalento, insegurança, fraqueza e descrença, estaremos vibrando de modo muito diferente, e desta forma fica muito difícil deles se aproximarem para nos auxiliar. Nem podem forçar a nossa mudança de atitude, a não ser que solicitemos. Isto me lembra uma ocasião, onde, necessitando de um conselho, relutei em me aproximar de um médium que estava incorporado em um espírito da falange do Seu Zé Pilintra. Ele passou por mim, uma, duas vezes, na terceira virou-se encarou bem e disse: “Se não pedir, não posso ajudar, vou considerar que você não precisa nada de mim, e agora já foi, dá próxima você aprende”. A princípio fiquei triste, depois vi que havia sido eu próprio quem me prejudicara, com a demora em agir e conversar com a entidade que havia se aproximado várias vezes. No dia a dia, quantas vezes não devemos fazer isso, afastando de nós aqueles que mais podem nos ajudar, com nossas dúvidas, nossa pouca Fé?
pa2
Devemos estar sempre atentos para os pensamentos de desalento, perdas, cansaço mental, descrença, falta de perspectiva, pessimismo em geral. Elas nascem dentro de nós, que ninguém se engane com isso. Somos obsedados porque provocamos uma atmosfera propensa a isto com pensamentos que não são bons, mas sobretudo PERSISTENTES. Quando um pensamento maldoso ou depressivo chega à nossa mente, temos condição de consciente e vigorosamente afastá-lo, buscando colocar no lugar pensamentos felizes, esperançosos e pró-ativos. Se, entretanto, nos deixamos levar, sem atuar pela força da vontade, estas condições se tornarão um hábito. Deixaremos de perceber o perigo, pois aí já estaremos envolvidos pelo poder obsessor. Reincidiremos nas reclamações, no sono excessivo, no desleixo, na autopiedade, em círculos cada vez maiores, o que nos afastará dos outros, gerando outras sensações de desconfiança, de abandono e fracasso, e daí para pior.

Se de um lado, estamos sempre sob a mira daqueles que querem nos ver paralisados e sem compromisso com a própria evolução, de outro temos a poderosa proteção da oração, da Fé, da nossa amada coroa de guias espirituais que nunca nos negarão auxílio. Então, na verdade, temos de ser cada vez mais vigilantes neste combate sem tréguas contra nossas más tendências, nossas próprias estagnações, não estendendo aos outros a culpa por nossos tropeços. Somos e temos o que plantamos ontem, e seremos amanhã o que estamos plantando hoje.

Vamos então lutar para sermos bons jardineiros de nossos próprios jardins, para que possamos levar aonde formos o perfume das flores e o canto dos pássaros, que sejamos agradáveis ao convício, flexíveis como a fina haste de bambu e leves como as nuvens que passeiam no céu. Desta forma, o mais terrível obsessor se cansará de ser mau, verá finalmente o quanto tem sido ignorante, e se transformará em alguém que pede auxílio para conseguir andar novamente no rastro das estrelas.

Alex de Oxóssi
Rio Bonito – RJ

 

ispaCOMPRE OS LIVROS COM CONTEÚDO DESTE SITE E AJUDE A CONSTRUIR O INSTITUTO POVO DE ARUANDA
A venda dos livros será destinada para a construção do Instituto Social Povo de Aruanda (I.S.P.A.), CLIQUE nas imagens e será direcionado ao site onde o mesmo poderá ser pago em até 12 x através do cartão de crédito.
POVO DE ARUANDA I, II e III(Clique na capa e será direcionado ao site)

Dividimos este conteúdo em 3 Volumes, mas você poderá adquiri-los em único volume com 370 páginas, a capa acima é do livro que contém os 3 volumes, mas você poderá comprar separadamente:
– Povo de Aruanda – Vol. I (clique)
Povo de Aruanda – Vol. II – Livro de Orações (clique)
– Povo de Aruanda – Vol. III (clique)
COMPARTILHAR:

+1

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

COMPRE NOSSO LIVRO - ATÉ 12x SEM JUROS

 POVO DE ARUANDA I, II e III

Clique na imagem e compre o livro!

Teste Teste Teste

Teste Teste Teste Teste