OFERENDAS & DESPACHOS



Nenhum Espírito de Luz precisa de sacrifícios de animais em encruzilhadas ou qualquer lugar que seja. O que os Espíritos usam é a energia que está na mente de cada um que Os procuram e não na vida de simples seres vivos. Devemos lembrar que no Astral os Espíritos não possuem corpo físico; portanto, não tem olhos para ver, nariz para cheirar as oferendas, muito menos eles comem os alimentos deixados em oferendas ou em . Primeiramente são captadas as vibrações mentais e depois as vibrações das oferendas. As vibrações essenciais são as da mente das pessoas.

Muitos Umbandistas devem fazer suas oferendas como são capazes de faze-la, mas é recebida com muito mais alegria a oferenda quando a mesma é transformada em doação a uma pessoa carente, pois é captada a vibração de alegria na mente de quem está recebendo a doação e, com muito mais intensidade, na mente de quem a está fazendo.

Qualquer trabalho feito para prejudicar é considerado um trabalho de baixa magia (magia negra). Os trabalhos realizados para ajudar ou para desmanchar outro trabalho, são chamados de alta magia (magia branca). O verdadeiro Umbandista nunca usa a baixa magia, pois são sabedores os efeitos da Lei de Retorno ou da Lei de Causa e Efeito.

A baixa magia, pode ser realizada até mesmo através de pensamentos, basta uma pessoa projetar vibrações de ódio contra você, já está havendo um trabalho mental contra sua pessoa.

Lembre-se que somente você poderá desmanchar um trabalho que fizeram contra você, pois sua mente precisa criar ou reforçar o campo vibratório ao seu redor, a chamada aura.

Lamentavelmente, muitas pessoas são ludibriadas em sua boa fé, deixando vultuosas importâncias na mão de FALSOS umbandistas, que se aproveitam da dor alheia. Eles alegam terem forças para desmanchar um trabalho de baixa magia (magia negra). Ingenuamente as pessoas acreditam e, sugestionada pela fé dos espertalhões (ladrões), sem saber quebram o trabalho pela própria força mental. O VERDADEIRO Umbandista NÂO ILUDE ninguém, não cobra por seus trabalhos de caridade, não usa estratagemas para tirar dinheiro dos outros. É muito importante que a pessoa, sob efeito de baixa magia, participe da anulação desse trabalho, então NÃO ACREDITEM, nesse negócio de TELE ATENDIMENTO, de ATENDIMENTO VIRTUAL, ninguém poderá lhe ajudar desta maneira, isso tudo é conversa para lhe enrolar e amanhã lhe tirar uns suados cobres, a força esta em ti, vós mesmo poderá lhe cuidar, mas pode e deve pedir ajuda, mas peça ajuda a quem quer lhe ajudar, não a quem quer tirar proveitos de sua dor, não seja enganado, jamais deixem brincar com sua Fé, pois todos nós temos DEUS dentro de nós, bastamos encontra-LO e nada haverá a temer.

Amados, vamos voltar ao tema do titulo, lembre-se que todo despacho é uma oferenda, mas a recíproca não é verdadeira, ou seja, nem toda oferenda é um despacho. A oferenda em si é um gesto de amor, enquanto o despacho pode ter um sentido muito diverso.

Exemplo:

Se você oferecer a Oxossi, uma vela verde, acesa ao lado cuité (vasilha feita da casca do coco, cuia), dentro de uma floresta, e pede ao Senhor das Matas saúde, força e sabedoria, você está realizando uma oferenda. Mas se você vai a mesma floresta, acende uma vela verde e pede para Oxossi afastar seus inimigos, você está realizando um despacho, pois ele tem o sentido de demanda.

Na oferenda, o Umbandista não assume um compromisso cármico que possa prejudica-lo; mas no despacho, se houver um sentido de agressão e não de defesa, invariavelmente, ele aumentárá seus débitos com os senhores do destino, mesmo que veladamente procure dissimular, alegando a si mesmo tratar-se de uma oferenda, pois suas intenções são captadas em primeiro lugar. O amor ainda é arma mais eficiente e forte, principalmente se municiada de perdão, para vencer nossos inimigos desta ou de outras encarnações.

Em resumo, tudo que é contrário ao livre-arbítrio de outro ser, vivo ou desencarnado, que em nosso limitar pensamento, achamos ser causado por um inimigo, e que usamos da magia através de oferendas , para liquidar algum dano causado ou causador de algum problema que estamos passando, devido a ação destes inimigos, será sempre um despacho, o que devemos fazer quando assim formos vitimas, é fazer uso do amor ao próximo, Orações a este que identificamos como inimigos, pois somente através do amor e das Orações iremos conseguir cumprir a vontade do Pai.
Amados Irmãos neste momento devem lembrar de uma só frase, do Pai Nosso que nos diz:

(...)

“Perdoai as nossas ofensas, assim como procuramos perdoar a quem nos tem ofendido...”

Ou então uma frase da Oração de São Francisco de Assis:

“É perdoando que se é perdoado e é sofrendo que se vive...”

Amados, não podemos acusar as pessoas de estarem nos prejudicando o tempo todo, d e ver em tudo a ação dos Espíritos, de ver em tudo uma demanda, de acreditar que sempre existe alguém preocupado em fazer despachos contra nós. Precisamos superar nossas fraquezas, encarar nossos problemas de frente e enfrentar as dificuldades do dia-a-dia com altivez. O ser daqui para frente, precisa aprender a se libertar de suas muletas psíquicas, para caminhar mais rápido, pois ninguém, por mais que o ame, poderá caminhar por ele.

Preste atenção: a hora é chegada. Ouça quem tiver ouvidos para ouvir, veja quem tiver olhos para ver. Mas se for impossível de todo você caminhar sem muletas psíquica, ande com elas, pois o importante é seguir o caminho, seja de que forma for.

Adaptação do Texto Oferendas e Despachos (Ebós e Obrigações – Adaptação feita por Alex de Oxóssi) - Retirado do livro A Umbanda do III Milênio - Editora Pensamento – Autor: Túlio Alves Ferreira

Nenhum comentário:

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

LIVRO:POVO DE ARUANDA VOL I, II e III


COMPRE EM ATÉ 12 x SEM JUROS



 POVO DE ARUANDA I, II e III

Clique na imagem e compre o livro!

Este é a união dos três volumes, que foram divididos apenas para ficar mais em conta cada volume, estes três volumes são o conteúdo deste Blog, clique na imagem e será direcionado onde o mesmo poderá ser adquirido.